CATEGORIAS

 

21/10/19

As fotografias de casamento espontâneas
da Jac Oliveira

Vem conferir a entrevista com a fotógrafa!
Fotografia & Arte

PRÓXIMO

Inspiração Look do Noivo, Padrinhos e Pajens

ANTERIOR

A importância do mês mais rosa do ano

Muitas vezes quando pensamos em fotografia de casamento logo vem à mente fotos posadas e sem emoção. É normal travar diante das câmeras, mas um bom fotógrafo sabe lidar com isso de maneira tranquila e serena. No post de hoje, conversamos com a JAC OLIVEIRA, uma profissional que consegue passar leveza para os noivos e transmitir os momentos da cerimônia de maneira natural. Vem conferir!  
fotografia de casamento jac oliveira
1.  Como começou sua empresa e quem faz parte?

Comecei a fotografar como quase todo mundo: por hobbie, por gostar de fotografia. No início era apenas diversão e um jeito de fazer amigos (e fiz mesmo, muitos). A fotografia só me deu coisas boas e em um certo momento da minha vida, me salvou de uma rotina que já me fazia infeliz. Sou jornalista diplomada e, apesar de amar a comunicação, o modelo de trabalho que eu tinha até 2016 já não fazia mais meu coração palpitar, sabe? Desde 2009 eu fazia trabalhos esporádicos em fotografia, em paralelo a minha atividade principal de assessora de imprensa. 

Em 2016, fui demitida da última empresa em que trabalhei e aproveitei o momento para reestruturar minha vida e investir na minha empresa de fotografia. E vem dando certo! É um desafio grande ser uma empreendedora, mas já não me vejo em outra situação. Trabalho sozinha e me envolvo em todos os processos, mas conto com um parceiro fotógrafo que trabalha comigo em algumas coberturas e fotografa para mim em algumas situações específicas. 

fotografia de casamento jac oliveira
3.  Por que você decidiu trabalhar com casamento? 

No início da minha carreira, fotografei vários casamentos como segunda fotógrafa. Foi uma grande escola. Quem fotografa casamentos, fotografa qualquer tipo de evento! Depois fiz alguns casamentos como fotógrafa principal, mas a vida me levou a fotografar mais famílias e gestantes. Mas, a história do casamento sempre me encantou muito e eu queria voltar a me dedicar a esse tipo de momento na história das pessoas. 

Para mim, eu continuo fotografando famílias! O casamento faz parte da fotografia de família sim... afinal, ele é o início de uma nova família. Então, minha decisão passou pelo que eu sinto na hora em que estou fotografando um casamento. É como se eu absorvesse todo o amor que paira no ar. Me enche de energia e esperança. 

4. Qual diferencial do seu trabalho para os noivos? 

Tento oferecer um atendimento próximo, afetivo e super dinâmico aos noivos. Busco me envolver nos preparativos sempre ajudando, indicando fornecedores e usando minha experiência em eventos para auxiliar os noivos.
fotografia de casamento jac oliveira
Para isso, formei parcerias com outros profissionais que atendem casamentos, no intuito de oferecer benefícios aos meus noivos. Vários casais já me agradeceram muito por isso! 

Em relação ao meu trabalho no dia do casamento, o que percebo é que a minha discrição faz muita diferença para que todos fiquem à vontade. E isso me permite entregar fotos mais reais. Muitos casais chegam dizendo que não gostam de fotos, que não gostam de posar mas que entendem a importância da fotografia em um casamento e por isso querem que eu esteja lá. Tenho a impressão de que, para muita gente, pensar em um fotógrafo profissional ainda é imaginar ficar horas e horas posando ao invés de aproveitar, mas não precisa ser assim. 

Geralmente a festa acaba com o casal me agradecendo muito pela discrição, naturalidade, leveza e simpatia com que conduzo meu trabalho e as pessoas enquanto são fotografadas. 

E acho que é assim que deve ser né? Um momento leve, tranquilo, que respeite o jeito de ser de cada um. É nisso que me diferencio. E também no fato de que fujo de modismos, tanto na direção de quem eu fotografo quanto no resultado final. Tenho meu estilo de edição, que já mudou ao longo dos anos, e procuro mantê-lo ou mesmo modifica-lo de acordo com minhas intuições e inspirações, mas nunca em função do que está na moda ou não. 

Porque essa é uma fotografia que ficará na família para sempre, é uma herança. Daí a importância de ser atemporal.
fotografia de casamento jac oliveira
5. Como seria o casamento que você sonha em fazer? 

Já fiz muitos casamentos especiais. Cada um é único por algum motivo, desde que haja amor verdadeiro entre todos os presentes. Mas, tenho muitos sonhos nesse sentido.. Quero fazer ainda muitos casamentos durante o dia, em fazendas, praias e até urbanos, porque não? 

A luz natural é a minha paixão e os eventos ao ar livre também. Mas, sonhando um pouco mais alto, um casamento na Toscana e um na Espanha seriam perfeitos, daqueles em que as famílias iniciam o final de semana com almoços, jantares e tudo mais! 
fotografia de casamento jac oliveira
6. O que os noivos tem que fazer e saber para contratar você?

Primeiro de tudo, eles precisam conhecer meu trabalho e se identificar com minha forma de fotografar, com meu estilo de edição. Depois é só me procurar para um papo pois o contato pessoal é importante. A partir daí é só chegarmos a uma opção perfeita para eles! 


7. Qual a faixa de valores?

Os ensaios partem de R$ 790. Nos casamentos, tento personalizar as coberturas, então elas variam muito. Como sou especializada em mini weddings, tenho uma tabela especial para eles. A cobertura básica parte de R$ 990 para um mini casamento em um dia útil, por exemplo. No caso de casamentos acima de 80 pessoas, o básico parte de R$ 1.990.
fotografia de casamento jac oliveira
8. Como está a agenda para esse e o próximo ano?

Tenho vários casamentos agendados até o final desse ano, mas ainda há algumas datas disponíveis. Para 2020, a agenda está aberta e já tenho casamentos agendados. Fora outros eventos (formaturas, principalmente). 


9.Que dica você daria para as noivas que estão organizando seu casamento? 

Que tentem se planejar, buscar bons profissionais com antecedência observando o histórico da pessoa, a consistência do trabalho e analisando se há identificação com o que o profissional faz. 

Invista naquilo que realmente é importante para o casal e para o futuro. Tanto no que diz respeito ao dinheiro quanto ao esforço e tempo de ambos. Casem como vocês quiserem, não como outras pessoas esperam que vocês casem. E lembrem-se de que a fotografia é o que ficará quando esse dia passar!
fotografia de casamento jac oliveira

E lembrem-se de que a fotografia é o que ficará quando esse dia passar!

Demais! Adoramos conhecer sobre o trabalho da JAC OLIVEIRA

E se você quiser mais sobre a fotógrafa, dá um play no vídeo!

Share Post.

00

00

00

00

Tags.

#foto & arte #Fotografia

AUTOR

Ana Paula Motta Rabelo

Redação

Deixe Seu Comentário.
Publicidade

ANTERIOR

Inspiração Look do Noivo, Padrinhos e Pajens

PRÓXIMO

A importância do mês mais rosa do ano